Blog

O que é o Plano de Recuperação de Desastres?

22/04/2019

 

A chegada da tecnologia colaborou com a comunicação, a educação e a descoberta de um universo totalmente diferente do que estávamos acostumados. Mesmo diante de todas as características, a internet e suas redes podem sofrer algumas falhas no sistema e, assim, prejudicar o trabalho de muitas empresas. É nesse momento que o Plano de Recuperação de Desastres é fundamental.

Já pensou em perder todos os documentos que você passou horas se dedicando? E o pior: tudo por causa de eventos naturais como queda de luz, enchente, incêndio ou somente uma pane no computador! Difícil, concorda? Para que todas essas situações passem longe de sua empresa é preciso ter um Plano de Recuperação de Desastres de qualidade, capaz de recuperar rapidamente a normalidade do sistema no caso de algum imprevisto.

 

Mas, afinal, o que é o Plano de Recuperação de Desastres?

É um plano de segurança das informações de uma empresa, de tudo que está no sistema de computadores e internet. Nele, é possível fazer um planejamento dos riscos que a empresa corre caso aconteça algum desastre, seja ele natural ou não. Além disso, pode-se saber quais cuidados ter para evitar uma falha no sistema e como agir caso ela ocorra.

Hoje, o Plano de Recuperação de Desastres é uma das principais ferramentas para que empresas e organizações consigam proteger suas informações e documentos. Para ter certeza de que o plano é eficaz, o primeiro passo é testar ele com antecedência. Assim, qualquer falha pode ser percebida antes e todos estarão treinados para ela.

 

Objetivos do Plano de Recuperação de Desastres

 

  • Prevenir riscos;
  • Analisar possíveis consequências após um desastre;
  • Sugerir medidas para que a normalidade seja retomada;
  • Diminuir os prejuízos.

 

Como construir um Plano de Recuperação de Desastres?

1)    Faça uma rotina de backup

Assim como o nome já sugere, o backup é uma cópia de segurança dos arquivos, softwares e aplicativos existentes no computador para outro sistema. Dessa maneira, eles podem ser restaurados com tranquilidade e sem o risco de dados serem perdidos.

Por isso, é essencial fazer uma rotina de backup frequente nos computadores da empresa: para criar uma margem maior de segurança quanto a falhas inesperadas.  A sugestão é que o backup seja feito sempre em servidores digitais, como as nuvens.

 

2)    Crie redes de internet e energia elétrica

É comum nas empresas ter uma grande carga de rede graças ao número de aparelhos ligados ao mesmo tempo. Portanto, é necessário ter um suporte adequado para aguentar toda essa demanda. Um exemplo é o gerador, o qual permite que as atividades continuem mesmo com uma queda de energia.

É importante também ter contrato com duas operadoras de internet. Caso haja interrupção na conexão de uma, a outra consegue manter a comunicação dentro da empresa. E não esqueça o Data Center - local que concentra servidores, roteadores, banco de dados, e outras informações - o que continua o atendimento da empresa em emergências.  

 

3)    Defina estratégias e treine os colaboradores

Definir estratégias e treinar os colaboradores é tarefa essencial para garantir a eficácia do Plano de Recuperação de Desastres da sua empresa. Decida qual tarefa cada um dos colaboradores terá em imprevistos e treine-os. O trabalho em equipe é o que ajudará a empresa a se recuperar rapidamente.


Vale lembrar que para criar um Plano de Recuperação de Desastres é preciso ter a colaboração de um profissional da área. Ele dará as dicas certas para um plano correto, eficaz e com segurança garantida.


Pensando em criar um Plano de Recuperação de Desastres para sua empresa? Siga a Acervo no Facebook e fique por dentro das nossas dicas!