fbpx

Blog

Implementando a gestão eletrônica de documentos jurídicos

10/06/2020

Já ouviu falar em Gestão Eletrônica de Documentos? E já parou para pensar no quanto ela pode ser fundamental para o segmento jurídico, que lida com documentos importantíssimos diariamente? No texto de hoje, a Acervo fala um pouco mais sobre a implantação da gestão eletrônica de documentos jurídicos.

Se você quer saber um pouco mais sobre o assunto, continue a leitura abaixo e confira!

 

O que é a Gestão Eletrônica de Documentos

Nós já falamos por diversas vezes sobre a Gestão Eletrônica de Documentos aqui no blog da Acervo, incluindo uma linha do tempo da sua evolução ao longo dos anos, uma lista com empresas que devem implementá-la e até mesmo os benefícios que ela traz para o trabalho em home office. Este é, sem dúvidas, um dos assuntos que nós temos mais autoridade para falar. Caso queira saber mais, você pode ler todos estes textos através dos links.

Neste texto aqui, nós iremos apenas definir o conceito de Gestão Eletrônica de Documentos para que você, leitor, tenha um bom contexto e entenda melhor como ela pode trazer vários benefícios para a área jurídica. 

Também conhecida como Gerenciamento Eletrônico de Documentos, ou simplesmente pela sigla GED, a Gestão Eletrônica de Documentos é a tecnologia que permite que documentos e todas as informações contidas neles sejam geradas, controladas, armazenadas, e, o mais importante de tudo, recuperadas, de forma completamente digital.

Com a GED, é possível ter todos os documentos de uma empresa disponíveis em somente um local: a tela de um computador. A recuperação dos documentos é facilitada, agilizada e o armazenamento físico deixa de ser uma preocupação — poupando espaço e deixando a empresa que o usa muito mais organizada.

 

Diferenciais da GED para o âmbito jurídico

Agora, falamos especificamente sobre a gestão eletrônica de documentos jurídicos. É fato indiscutível que todas as empresas do mundo geram documentos com enorme regularidade — umas mais, outras menos. Ambientes jurídicos, como os escritórios de advocacia, não só produzem estes documentos, como têm neles todo o alicerce de sua atuação no mercado. 

Poucos setores de atuação devem ter mais preocupação com seus documentos do que o jurídico, e é exatamente por este motivo que a gestão eletrônica de documentos jurídicos é tão importante.

Alguns exemplos de documentos específicos da área jurídica que podem ser armazenados eletronicamente com a GED são: petições, declarações e documentos comprobatórios do cliente, isso sem falar nos documentos financeiros presentes em todas as empresas, como notas fiscais, boletos e comprovantes.

E o melhor de tudo: atualmente, documentos digitais — tanto os que são transferidos para o meio quanto os que já nascem eletronicamente (nato-digitais) — já têm a sua validade legal garantida por lei, assim como a assinatura nos que precisarem. Eles podem ser utilizados sem que haja o risco de problemas de validade.

 

Implemente você também a gestão eletrônica de documentos jurídicos!

E se você é do setor e também quer ter a gestão eletrônica de documentos jurídicos na sua empresa, nós podemos te ajudar! A Acervo atua com vários serviços relacionados à gestão da informação, incluindo aí a GED.

Entre em contato conosco hoje mesmo e conheça todas as soluções que nós oferecemos à sua empresa! Com a Acervo, a gestão dos seus documentos fica muito mais fácil e você se preocupa com o que realmente importa!