fbpx

Blog

Política de segurança da informação: o que é e vantagens

22/07/2020

Hoje, mais do que nunca, é essencial que empresas protejam seus dados. Isso porque, ao mesmo tempo em que lidamos com mais informação a cada dia que passa, os ataques e os riscos de perdê-los também estão cada vez maiores. Em um cenário como este, ter uma boa política de segurança da informação pode fazer toda a diferença.

E na sequência deste texto nós te mostramos o porquê. Abaixo, a Acervo explica o que é a política de segurança da informação e ainda mostra as principais vantagens de a ter em sua empresa. Continue a leitura e confira!

 

O que é política de segurança da informação

Antes mesmo de definirmos o que é política de segurança da informação, é importantíssimo relembrar o que é a segurança da informação por si só. O significado por trás do conceito é, na verdade, bem simples. Como o próprio nome sugere, segurança da informação é o que uma empresa faz para proteger os seus dados internos — sejam eles seus próprios ou dos clientes e fornecedores.

Vale citar que as melhores soluções de segurança da informação são feitas tendo como sua base a norma ISO 27001. De acordo com o próprio site informativo dessa norma, ela “é o padrão e a referência Internacional para a gestão da Segurança da informação, assim como a ISO 9001 é a referência Internacional para a certificação de gestão em Qualidade”.

A política de segurança da informação de uma empresa, por sua vez, é o conjunto de ações definidas pela própria organização para proteger os seus dados — desde a acessibilidade até a transmissão. É fundamental que cada empresa tenha a sua política de segurança da informação registrada em um documento disponível para todos os colaboradores.

 

3 vantagens de uma política de segurança da informação

 

1. Segurança dos dados

A primeira vantagem é a mais clara — e também o motivo central por que implementar uma política de segurança da informação. Ao ter a sua política, a empresa responsável é capaz de organizar as informações que já tem e orientar os envolvidos nos processos a maneira mais adequada de agir dali em diante.

Com isso, o risco de que os dados sejam perdidos ou até mesmo vítimas de algum ataque malicioso é reduzido consideravelmente.

 

2. Aumento da transparência

Mais uma vantagem de implementar uma política de segurança da informação é a garantia de uma maior transparência perante os funcionários. Ao assegurar-se de que todos tenham conhecimento das políticas da empresa, a transparência automaticamente aumenta.

Como consequência disso, os colaboradores sentem que são parte de algo maior, além de sentirem que têm a confiança da empresa. Tudo isso é muito positivo tanto para a imagem da organização quanto para a atuação diária de cada um.

 

3. Adequação à LGPD

Ter uma boa política de segurança da informação é uma recomendação que tem diretrizes próprias. No entanto, em breve ela será lei, como prevê a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Enquanto a Europa já tem a sua lei em vigência (a GDPR), o Brasil deve ter a sua entrando em vigor no máximo no ano que vem.

Ao ter uma política que segue tudo que a LGPD indica, sua empresa fica de acordo com as normas legais ao mesmo tempo em que orienta aos colaboradores como eles podem fazer a sua parte.

 

E você, já conhecia a política de segurança da informação e as vantagens que ela traz para as organizações? Como já citamos, mesmo que ela seja apenas uma recomendação hoje, ela está prestes a se tornar obrigatória. Empresas que se organizam e vêm a contar com uma política o quanto antes têm tudo para largar na frente.

Se você gostou do texto e quer continuar recebendo o conteúdo da Acervo, acompanhe-nos no Facebook!