fbpx

Blog

Arquivista: um profissional de valor

16/10/2014

Selecionar, codificar, arquivar, dar busca à documentação. A arte de organizar os documentos não teria valor se não fosse um profissional que respeitamos muito na Acervo: o Arquivista. A profissão foi regulamentada em 1978 por decreto federal e existem cursos de bacharelado de Arquivologia em algumas universidades do país.

Em uma empresa ou instituição, é o Arquivista que otimiza a rotina de trabalho, administra melhor o aproveitamento do tempo dos funcionários e atua no objetivo de redução de custos com impressão, cópias, material e espaço físico do arquivo. Uma função que engloba ainda uma maior eficiência em virtude da rapidez e segurança na obtenção de informações solicitadas.

Para a professora Esmeralda Porfírio de Sales, que integra o quadro de docentes da UEPB (Universidade Estadual da Paraíba) “toda instituição deve ter um profissional de Arquivo, devido ao grande número de documentos produzidos diariamente e a necessidade de gerenciamento destas informações. Porém, é necessário que haja uma conscientização e reconhecimento do trabalho destes profissionais por parte da sociedade”.

O Arquivista tem até um dia especial dedicado à ele: 20 de outubro. A data surgiu, porque em 1823, o então deputado Pedro de Araújo Lima, futuro Marquês de Olinda, apresentou a proposta de inclusão no projeto da Constituinte sobre a criação de um Arquivo Público no Brasil. Em 1971, na mesma data, aconteceu a inauguração da Associação dos Arquivistas Brasileiros (AAB), assim consagrando a data comemorativa desses profissionais.

A Acervo, que trabalha com a guarda e gestão de documentos, presta sua homenagem aos Arquivistas, tão importantes para a preservação da memória e dados das empresas e instituições.

 

*Fonte: iParaíba.net/ Associação dos Arquivistas Brasileiros